quinta-feira, 2 de julho de 2009

Mal de Parkinson

A doença de Parkinson é uma das afecções neurológicas mais comuns e acomete aproximadamente 1% da população acima dos 65 anos.É mais freqüente após a sexta década de vida mas 10% dos casos ocorrem antes dos 50 anos e 5% antes dos 40.

Essa doença é causada pela degeneração de neurônios dopaminérgicos de certas regiões do encéfalo responsáveis pelo controle do movimento e da coordenação (substância negra do tronco cerebral), o que explica os sintomas dessa doença, sobretudo os tremores. Essa degeneração resulta em baixos níveis do neurotransmissor dopamina em pessoas acometidas por essa doença.

O tratamento consiste na administração de dopa aos pacientes com mal de Parkinson. A dopa é metabolizada a dopamina por meio da dopa descarboxilase. Essa enzima é muito expressa em neurônios catecolaminérgicos, de modo que a quantidade de dopamina produzida depende basicamente da quantidade de dopa disponível.









Referências Bibliográficas:

http://www.sistemanervoso.com/pagina.php?secao=2&materia_id=22&materiaver=1

Bear, Mark F., Neurociências: desvendando o sistema nervoso. 3ª edição, 2008.



Postado por: Carolina da Silveira Alves e Rachel Maria de Souza Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário